Passo-a-passo: Chica

¿Olá que tal? Amigons, aproveitando uma semana bem produtiva, lá vai mais um passo-a-passo. Desta vez é uma ilustra que, assim como a Coruja do post anterior, eu também enviei para o concurso “The Zupi Book”. Bom, tudo começou quando eu encontrei este recorte, de um revista bem antiga, chamada Vizoo:

Acredito que como eu, muitos ilustradores têm o hábito de guardar imagens que de alguma maneira chamam a atenção. Esta era uma delas, pois sempre gostei da atitude, da expressão… até que apareceu o concurso da Zupi e usar ela como referência para uma ilustra, me pareceu perfeito. O primeiro rascunhão saiu assim:

Repara que este 1º rafe foi feito basicamente com canetas Pilot. Eu sempre uso esse tipo de caneta porque ela agiliza este momento de criação, eu sinto que ela facilita o gestual e posso ver rapidamente no papel aquilo que estou pensando. No começo pensei em usar somente duas cores, preto e vermelho, e depois ir apagando as linhas, deixando que somente os volumes, as massas de cor, definissem o desenho. Ai dei uma refinada no rascunho usando só lápis, que ficou assim:

Então chegou o momento de começar a finalizar. O interessante foi que, desta vez, ao contrário do meu processo habitual de vetorizar o desenho no CorelDraw, eu fiz tudo no Photoshop usando a ferramenta Lasso. E foi bem bacana a experiência porque economizou bastante tempo sem comprometer o resultado final. Enfim, quando começei a desenhar no PS me veio a idéia de só usar as 4 cores de impressão, CMYK (Cyan, Magenta, Yellow e Black) deixando-as transparentes, assim as partes sobrepostas gerariam novas cores como os verdes, vermelhos, laranjas, etc… É engraçado como na teoria dá tudo muuuito certo, e na prática as coisas não são bem assim. Tudo virou uma grande salada e ai resolvi simplificar e chapar as cores, sem tranparência, e cheguei neste resultado:

Bacana né? Sinceramente, gosto de verdade de ilustras assim, simples, com um aspecto vetorial, mais estilizadas e geométricas, sem muito frufru… mas sabe como é, sempre vem aquela frase: “E se eu fizesse isso?” E depois de muitos “E se…” e na base da tentativa e erro mesmo, e usando bastante o filtro Inner Glow do PS, saiu isso:

Mas, na boa, esse resultado para mim era inferior ao anterior. Já que era para sair do simples, então vamos mexer mesmo, não é? Fui trabalhando até chegar aqui, tudo muito glamuroso, sofisticado e brilhante…

Bonus track: os clássicos detalhes da ilustra que eu mais curto:

É isso ai galera. Mais um passo-a-passo das Corporações Arraya está no ar. Muito obrigado a todos pelas visitas e indicações! De coração, valeu mesmo!! Até o próximo post!

Anúncios

5 pensamentos sobre “Passo-a-passo: Chica

  1. Ola Rodrigo! Em primeiro lugar, parabens meeesmo por suas artes. Achei-as muito clean e muito bem elaboradas. Muito obrigado pelos toques q vc da ao falar da ilustra da moca. Acho muito bacana essa coisa do artista explicar como foi feito o passo a passo de sua arte! E uma prova de que vc e uma grande pessoa, alem de ser um grande artista! Vou ser seu seguidor daqui pra frente… Vc acabou de ganhar + um fa. Um grande abraco do jotabe.

  2. Afff… vc desenha muito mal viu? rsrs

    Olhando suas explicações parece tão simples… Quanto tempo demorou todo esse processo criativo?

    Achei lindo esse brilho que vc colocou nas luvas. Perfeito!

    Parabéns!

    Bjs.

Gostou? Não? Então...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s